Beleza e Estética

Dicas de Beleza e estética

Categoria: Adulto

Problema de ereção

Problema de ereção

A disfunção erétil significa incapacidade de atingir ou manter a rigidez adequada do pênis (viagem ou  ereção ) para poder realizar atividade sexual. Disfunção erétil ou disfunção erétil substituiu o conceito mais impreciso de impotência, que além disso tem um conteúdo conceitual estigmatizante.

O viés relatado do pênis por ereção (desvio do pênis) também deve ser considerado um problema de ereção.

A capacidade de ereção é importante para a auto-estima de muitos homens, como uma confirmação de que ele trabalha normalmente. Que a palavra impotência, que é latim para a impotência, tenha sido usada para denotar falta de erectividade, mostra o peso da propriedade expressa na masculinidade. Perda de ereção envolve muitos homens perda de masculinidade.

A disfunção erétil é comum e aumenta com o aumento da idade. Vários estudos recentes mostraram que aproximadamente 30% dos homens com mais de 40 anos têm mais ou menos o problema, aproximadamente 10% têm falha completa na ereção. Esses números altos não correspondem a quantas pessoas com falha de viagem procuram atendimento médico. O problema está significativamente associado a muitas doenças comuns, como doenças cardiovasculares , diabetes , problemas de saúde mental, ansiedade / depressão , e é especialmente observado em homens que têm uma ou mais doenças crônicas.

É comum dividir as relações causais dos problemas de ereção em causas orgânicas e psicológicas.

As causas orgânicas podem ser anatômicas locais e / ou fisiologicamente relacionadas ao suprimento de sangue ou nervo . Isso pode estar associado a doenças crônicas que afetam direta ou indiretamente as funções sexuais. As causas mais comuns são as doenças cardiovasculares que também interferem na regulação do suprimento sanguíneo do corpo fúngico no pênis.

As doenças crônicas freqüentemente levam ao fracasso da função sexual em geral, o que afeta tanto a circulação sanguínea quanto o suprimento nervoso do pênis. Isto é especialmente verdadeiro para diabetes, várias doenças neurológicas e também certas doenças hormonais.

Outras causas comuns são os efeitos negativos de vários medicamentos, citostáticos , radioterapia , procedimentos cirúrgicos no abdome, nas costas e nos ossos do homem, com tecido cicatricial e danos no nervo e no suprimento de sangue do pênis.

As causas físicas dos problemas de ereção são muito mais frequentes do que se pensava anteriormente. Por conseguinte, é importante que um basicamente se baseia em problemas de ereção como um problema médico. É uma boa regra para procurar um médico para se examinaram as causas, em que a base é as condições causa mais frequente – regulação da circulação no pênis, a transmissão de impulsos nervosos para o pênis, ou condições anatômicas locais, tais como defeitos de nascimento.

A falta de hormônio sexual masculino ( testosterona ) tem sido tradicionalmente de grande importância para o peso da ereção. O conhecimento atual sugere que a falta de testosterona raramente causa problemas de ereção, mas que o desejo por sexo se torna menor e, portanto, a taxa de deslocamento diminui.

Nos problemas de ereção psicogênica há um bloqueio psicológico da capacidade de conseguir ereção. As causas mais comuns são a ansiedade de desempenho e o retardo do desejo e da capacidade sexual, muitas vezes devido a experiências e experiências ruins do passado. A grande maioria dos meninos e homens teve episódios de ereção fracassada. Episódios únicos são normais e não causam preocupação. É somente quando o peso da ereção se torna uma condição persistente de que os problemas são sérios, especialmente nos relacionamentos.

Também para causas orgânicas de falha psicológica, fatores psicológicos se tornarão aplicáveis. Eles podem ajudar a agravar a situação através do bloqueio mental do desejo e da capacidade. Aqui, ansiedade de desempenho pode ser aplicável, por exemplo, porque o homem tem uma experiência física tão ruim que, por essa razão, ele é incapaz de funcionar sexualmente. Muitos entram em círculos malignos da mesma forma que, se alguém experimenta uma má ereção uma vez, fica mais ansioso com a performance da próxima vez e assim por diante.

Alguns dos mais comumente ocorrem fatores indutores de ansiedade que podem levar a dificuldades de ereção e fracassos, a experiência de não ser apreciado, que o seu parceiro tem relações sexuais com uma “apenas para ser gentil,” além disso, vergonha e insatisfação com seus corpos próprios, conflitos e incerteza sobre própria masculinidade, a insegurança no papel do homem nas relações sociais e fechar íntimos, com foco em “não consegui-lo” ansiedade de rendição, o medo de se tornar dependente de suas reações parceiros e ciúme.

A sexualidade também pode ser uma arma entre as partes; Um punirá o parceiro por não trabalhar.

Por último, mas não menos importante, os problemas podem ser o resultado de que o homem não tem mais dentes sexuais em seu parceiro.

Distúrbios emocionais mais profundos podem ser a causa da falha da ereção. Stress e depressão, problemas de culpa sobre a própria sexualidade e corpo, uma baixa auto-estima e hipocondria são características da imagem. Conflitos entre as partes, com desconfiança e desconfiança, ciúmes, agressão, amargura e hostilidade também podem ser a causa. A falta de atração, como a obesidade ou a deformidade corporal, pode tornar o homem vulnerável. Em alguns casos, o homem está mudando da heterossexualidade para a orientação homossexual ou vice-versa.

TRATAMENTO

O tratamento depende das causas da condição. Se se trata de condições orgânicas, é necessário um exame médico. Nos últimos anos tem havido um considerável foco profissional em problemas de ereção com a melhoria das possibilidades de um diagnóstico seguro e mais boas novas opções de tratamento.

Hoje existem várias opções de tratamento médico com bom efeito comprovado. Existem vários tipos de comprimidos que são usados ​​quando necessário, medicamentos que podem ser inseridos através da uretra (medicação intra-uretral) e várias variantes de terapia de injeção que são aplicadas diretamente no tecido fúngico do pênis. Há também opções de tratamento cirúrgico para vazamento no sistema da veia peniana ou um pênis oblíquo pronunciado durante a viagem. De preferência, são os urologistas que trabalham com essas questões.

Nos desafios psicológicos, muitas vezes será necessário esclarecer e ter uma conversa perspicaz para que o homem e o parceiro compreendam mais suas interações. Programas especiais de treinamento também foram desenvolvidos para casais com esse problema.

Uma das coisas mais importantes é aliviar o homem da pressão de desempenho. Em vez do foco unilateral na ereção e na relação sexual, o casal pode realizar exercícios de sensualidade, com proximidade e contato físico, mas sem tentar relações sexuais. Isso será salvaguardar, não exigir e não ameaçar. A garantia de não “revelar seu desamparo” aumenta a oportunidade de maiores oportunidades de conversas mútuas.

ESPORTE: OS BENEFÍCIOS E DANOS À SAÚDE DOS HOMENS

ESPORTE: OS BENEFÍCIOS E DANOS À SAÚDE DOS HOMENS

À primeira vista, não pode haver perguntas e, se surgirem, a resposta para a maioria dos homens é inequívoca: o esporte é útil para a potência e para a saúde em geral. No entanto, tudo não é tão inequívoco. E antes de tudo, é necessário dividir o conceito geral de esporte em profissional e amador.

ESPORTES PROFISSIONAIS

As conclusões dos médicos são decepcionantes: qualquer esporte profissional afeta negativamente a potência masculina. Estamos falando de classes, cujo objetivo é ganhar em competições, estabelecer um recorde, etc. Isso requer um treinamento tão sério que a força do corpo está muito esgotada, e o próprio desejo de proximidade só surge depois de algumas horas e até no dia seguinte. Como resultado, problemas com a ereção surgem de cargas excessivas que o corpo experimenta constantemente e, portanto, está em um estado de estresse contínuo. Além disso, após tais estudos intensos, os níveis de testosterona no sangue são reduzidos em uma média de 30-35%.

Segundo as estatísticas, quase todos os atletas profissionais têm sérios problemas na esfera íntima. Em metade dos casos os problemas são resolvidos dentro de 2-3 anos, no tempo restante é necessário mais. Sinais de impotência em homens também aparecem contra o pano de fundo de tomar esteróides e outras medicações esportivas. Nesse caso, a restauração da saúde masculina requer ainda mais tempo e esforço.

ESPORTES AMADORES

É o exercício esportivo em prol do prazer ou com a finalidade de manter a saúde que afeta positivamente a potência masculina. No entanto, existem algumas nuances aqui: nem todos os esportes são benéficos.

Tipos úteis de esportes . A maioria dos esportes ativos é útil. Isso é corrida, futebol, basquete e outros jogos de esportes, natação, luta livre e artes marciais (sem ferimentos). Também é útil visitar o clube de fitness, incluindo exercícios de levantamento de peso. Durante as aulas, o sistema cardiovascular está trabalhando ativamente, o sangue flui para os órgãos pélvicos. Além disso, após exercícios físicos, especialmente exercícios de força, a produção de testosterona é ativada, logo após uma sessão de média intensidade, pode surgir atração física.

Esportes prejudiciais . Para esportes que têm um impacto negativo na saúde dos homens, todos são “sedentários”: ciclismo, remo, xadrez e outros. Especialmente, não é recomendado o uso do ciclismo por causa da pressão constante na região perineal. Neste caso, por exemplo, uma hora de dirigir uma vez por semana, não afeta a potência de forma alguma, e atividades mais sérias podem causar problemas de ereção, ejaculação precoce e outras conseqüências desagradáveis.

TRATAMENTO DE IMPOTÊNCIA: MÉTODOS E DROGAS

TRATAMENTO DE IMPOTÊNCIA: MÉTODOS E DROGAS

A disfunção erétil pode ocorrer em homens, tanto em idosos como em uma idade jovem. 52% do número de pessoas que sofrem de disfunção sexual é, na maioria dos casos, pessoas com idade entre 40 e 70 anos. Para entender como tratar a impotência nos homens, o médico deve identificar as causas da doença. Segundo as estatísticas, em 80% dos casos, as causas da disfunção erétil são de natureza orgânica (se o paciente tem doenças cardiovasculares, endócrinas e outras). Em 20% dos casos, a impotência masculina se desenvolve devido a distúrbios psicogênicos.

A seguir estão os métodos e ferramentas mais eficazes para tratar a impotência nos homens.

UMA ROTINA DIÁRIA RACIONAL

A organização racional da rotina diária é um método fácil, mas eficaz, de prevenção da impotência. Por “modo racional do dia” entende-se a melhor alternância de trabalho e descanso. Se o tempo de trabalho e o tempo pessoal forem calculados corretamente, todos os sistemas do corpo funcionarão corretamente. As mulheres, cujos maridos têm impotência em um estágio inicial, é importante prestar atenção especial à organização de um sono saudável do cônjuge, já que sem ele um descanso completo do cérebro, do sistema nervoso e dos músculos é impossível. Com a falta crônica de sono, um homem prejudica sua saúde e esgota o sistema nervoso, o que, por sua vez, leva a um enfraquecimento da potência. Duração do sono para cada pessoa é individual, em média, este número é de 8-9 horas por dia, enquanto vai dormir melhor até às 12 horas da noite. Andar ao ar livre é uma excelente receita para a prevenção da impotência masculina. Além disso, antes da nomeação de drogas especiais deve tentar desistir de um trabalho exaustivo, iniciar uma vida sexual regular, evitando tanto a abstinência longa e contatos sexuais freqüentes.

EXERCÍCIOS FÍSICOS CONTRA A IMPOTÊNCIA

A atividade física regular, tanto no ginásio como em casa, ajuda o homem a fortalecer a imunidade e a manter o tônus ​​muscular. Cada esposa amorosa pode oferecer ao marido um desempenho conjunto de um conjunto de exercícios simples contra a impotência.

  1. Andando com um elevador alto no joelho . Posição inicial: de pé, costas retas, braços abaixados. As pernas sobem até os joelhos serem pressionados contra o abdômen.
  2. Agachamentos . Posição inicial: de pé, costas retas, mãos na cintura, pernas levemente flexionadas nos joelhos. Um homem deve realizar agachamentos rasos, enquanto exercita os músculos das nádegas. Pernas dobram o máximo possível.
  3. Correndo no local . Posição inicial: de pé, costas retas, joelhos dobrados. O homem continua correndo no local. Neste trabalho deve apenas calcanhares, meias não são separado do chão, seus joelhos estão se movendo em um ritmo rápido e para trás.
  4. Estresse e relaxamento dos músculos íntimos . Posição inicial: qualquer posição. É necessário esticar e relaxar alternadamente os músculos entre os testículos e o ânus. Durante o treinamento, os músculos íntimos, responsáveis ​​pela potência de um homem, são fortalecidos.

TERAPIA A VÁCUO CONTRA A IMPOTÊNCIA

surgeon hand with thumb up after the successful surgery

A terapia a vácuo é um dos procedimentos mais exigidos que permite aos homens se livrarem da impotência (DE). Este método é eficaz em mais de 90% dos casos de recuperação de potência. terapia vácuo provou-se como um tratamento seguro para ED agir como uma alternativa à intervenção cirúrgica (da implantação dos implantes) e produtos que recebem. No decurso do tratamento em torno do pénis cria um vácuo, que faz com que o fluxo natural de sangue para o pénis.

MÉTODOS CIRÚRGICOS DE TRATAMENTO DE IMPOTÊNCIA

Para o tratamento da impotência, os seguintes métodos cirúrgicos podem ser usados ​​em homens.

Revascularização do pênis . Para tratar a impotência masculina pode ser um dos métodos de revascularização microcirúrgica do pênis. O tratamento mais popular é a cirurgia Michal-2. O cirurgião cria uma anastomose entre a artéria dorsal e artéria epigástrica inferior do pénis. Virag 5 também é aplicado para controlar o funcionamento de impotência em que a anastomose inferior artéria epigástrica e veia dorsal profunda.

Cirurgia venosa . Este método trata a impotência para lesões do mecanismo veno-oclusivo do pênis. O tratamento cirúrgico é de vários tipos: 1) spongiolizis 2) de ligação das pernas do pénis, 3) embolização endovascular das veias do pénis, 4) de ligao e de ressecção do corporal e emissarnyh veias. A cirurgia venosa é freqüentemente realizada em conjunto com métodos tradicionais de tratamento e uso de medicamentos.

Endofhalloprosthetics . Este tratamento cirúrgico é considerado o mais efetivo. Ele permite que você se livre da impotência em 90% dos casos. O tratamento ajuda a restaurar a rigidez do pênis quando os implantes são implantados dentro dos corpos cavernosos.

RECEITAS POPULARES PARA O TRATAMENTO DA IMPOTÊNCIA MASCULINA

A medicina tradicional conhece muitas receitas da impotência: tomar remédios e ervas medicinais, comer frutas e verduras. Os frutos do kiwi são úteis para os homens, porque eles contêm muita vitamina C e potássio – esta é uma preparação natural para elevar o tom do corpo. Um remédio popular eficaz para combater a impotência são as nozes e os pinhões. No tratamento também pode ser usado suco da raiz de aipo, tintura de álcool de ginseng e muito mais. Se você decidir tratar um distúrbio sexual usando métodos e receitas populares, não se esqueça de consultar seu médico sobre isso.

DROGAS DE TRATAMENTO DE IMPOTÊNCIA

Tablets 04

Os medicamentos para a impotência são medicamentos farmacológicos que ajudam a tratar com eficácia os distúrbios sexuais em homens. Eles (geralmente disponíveis na forma de comprimidos) ajudam a endurecer e aumentar o volume do pênis, devido ao qual o ato sexual fica cheio. Medicamentos são prescritos apenas por um médico, e o uso de drogas é estritamente controlado. Só neste caso é o benefício dos comprimidos contra a impotência e a eliminação do risco de efeitos colaterais. Para prescrever certos medicamentos, o médico leva em conta as causas da disfunção erétil e efeitos colaterais.

O que é impotência?

O que é impotência?

Fala-se da impotência quando o homem é incapaz de obter uma ereção por um período prolongado de tempo ou de sustentá-la para um intercurso satisfatório e bem-sucedido por tempo suficiente. Em princípio, isso acontece com todo homem pelo menos uma vez na vida, o que não significa automaticamente que você sofre de impotência . 

Para a maioria dos homens , pelo menos uma vez na vida, eles não têm uma ereção ou não conseguem sustentá-la. Isso pode ser causado por estresse, fadiga ou uso excessivo de álcool ou drogas. 

Se não funcionar com a ereção, isso não é motivo para pânico: a disfunção erétil ocasional é bastante normal.

Conforme você envelhece, o ângulo da ereção muda . Na adolescência, a ereção é geralmente muito íngreme. Ou seja, o pênis ergue-se em um estado rígido cerca de 20 graus acima da horizontal. A partir dos 40 anos, uma ereção geralmente atinge apenas a horizontal. E de cerca de 60 ou 70 anos, o ângulo cai significativamente abaixo. Para os homens, nem sempre é fácil conversar com seu parceiro sobre isso. E é por isso que é ainda mais importante dar o primeiro passo e descobrir uma solução e / ou tratamento rápido e seguro.

impotência

Disfunção erétil ocasional (impotência) é bastante normal. Isso não significa que você esteja sofrendo ou se tornando um problema crônico. De um ponto de vista médico fala-se de uma impotência se o homem durante um período mais longo na maioria das tentativas não consegue conseguir uma ereção satisfatória da vida sexual suficiente do pênis e / ou mantenha. Por conseguinte, a pessoa parte de uma impotência, se esse problema ocorrer com mais frequência durante um período mais longo. Uma disfunção erétil de curto prazo, no entanto, não é considerada impotência. 

A impotência pode ser causada por:
– Causas físicas 
– Causas mentais 
– Causas médicas

Causas físicas da disfunção erétil

Em quase 70 a 80 por cento de todos os pacientes, a disfunção erétil é causada por causas puramente físicas. Estes incluem diabetes mellitus, arteriosclerose, obesidade ou deficiência de testosterona . Além disso, uma hérnia de disco ou cirurgia pélvica ou medular pode causar disfunção erétil. As causas físicas da impotência incluem lesões ou doenças que afetam o sistema nervoso central, como derrame ou esclerose múltipla, Alzheimer e doença de Parkinson. Após a cirurgia na próstata, aorta ou bexiga, a potência também pode ser perturbada. Problemas graves de câncer, rins ou fígado também podem estar associados à disfunção erétil.

Causas mentais da disfunção erétil

Doenças neuróticas ou outras doenças mentais, como depressão, transtornos de ansiedade, transtornos de personalidade ou conflitos de relacionamento podem causar os sintomas da disfunção erétil. Outras causas psicológicas incluem estresse, fadiga e excesso de trabalho, bem como álcool e drogas. O início da disfunção erétil pode ser favorecido pela dependência de álcool e nicotina. Em cerca de 20 a 30% dos afetados é a causa da disfunção erétil na psique. Na maior parte, os homens mais jovens são afetados pela impotência puramente mental. Os fatores psíquicos subjacentes podem aumentar significativamente os defeitos físicos, de modo que a disfunção erétil se manifesta completamente.

Causas médicas de disfunção erétil

Se a disfunção erétil não tiver um background psicológico, ela deve ser esclarecida por um médico se os problemas médicos forem a causa provável. Como primeiro passo no diagnóstico de causas físicas, portanto, são revisados. No entanto, muitos sofrem de disfunção erétil devido a uma combinação de razões psicológicas e médicas. A causa é frequentemente atribuída aos efeitos colaterais de algumas drogas. Estes medicamentos incluem comprimidos de desidratação, beta-bloqueadores, drogas psicotrópicas e medicamentos redutores do colesterol. A idade também deve ser considerada como um fator causal, porque a partir da idade de cerca de 50 anos isso muitas vezes inibe a formação de uma ereção satisfatória nos homens.

Se a incapacidade de conseguir uma ereção é causada por qualquer um desses motivos, então você não precisa se preocupar. No entanto, alguns homens entram em uma espiral negativa que pode levar ao medo do fracasso. Esse é o caso quando os homens afetados temem não poder mais alcançar ou manter uma ereção. A impotência só é presumida se esses problemas ocorrerem com mais frequência durante um período de tempo mais longo. Na maioria dos homens, as causas da impotência podem ser encontradas em razões físicas (físicas) e mentais (mentais).

Tratamento de impotência

Dependendo da causa de uma disfunção erétil, diferentes abordagens de tratamento estão disponíveis. Basicamente, a disfunção erétil é tratada por medicação. Com a ajuda de drogas potentes, o problema da ereção pode ser resolvido. Se, apesar do uso de remédios de potência, não houver sucesso suficiente, outros métodos de tratamento são possíveis. Estes incluem injeções no tecido erétil do pênis, o uso de um aplicador uretral ou o uso de outras ajudas mecânicas, como uma bomba peniana. Com cremes contendo o ingrediente ativo alprostadil, a disfunção erétil também pode ser tratada. Em uma disfunção erétil puramente mental, uma terapia psiquiátrico-psicológica pode ajudar.

Como controlar a ejaculação precoce

Como controlar a ejaculação precoce

A ejaculação precoce ocorre quando o orgasmo de um homem atinge ou ele quer mais cedo em um relacionamento sexual. Os critérios para diagnosticar este problema são: o homem quase sempre cai depois de 1 minuto de penetração ou quase nunca atrasa a ejaculação. Para a maioria dos homens, o tempo médio para a ejaculação é de quase 5 minutos. A ejaculação precoce afeta muitos homens e pode fazer com que você se sinta frustrado e tímido. Alguns homens até tentam impedir a intimidade sexual como resultado desse problema. No entanto, ele pode ser tratado por aconselhamento, medicação e uso de técnicas sexuais para retardar a ejaculação. Ao lidar com esse problema, você e seu parceiro podem desfrutar do sexo.

Método 1
Use técnicas comportamentais

Prent intitulado Control Premature Ejaculation Step 1
1
Tente o método de pausa e impressão. Se o seu parceiro e você estão dispostos, você pode tentar o método de pausa e pressão para aprender a atrasar a ejaculação.

  • Estimule o pênis sem entrar no seu parceiro. Avisa quando você está prestes a ejacular.
  • Peça ao seu parceiro para imprimir seu pênis no ponto em que a cabeça está em forma. Seu parceiro deve pressionar nesse ponto por alguns segundos até que o acordo seja reduzido.
  • Após 30 segundos, retome o jogo anterior e repita conforme necessário.Isso ajudará você a controlar e permitir que você entre instantaneamente em seu parceiro sem ejacular.
  • Outra variação do método de pausa e pressão é a técnica para parar e seguir. É o mesmo que o método de pausa e pressão, exceto que o casal não empurra mais o pênis.
  • Prent intitulado Control Premature Ejaculation Step 2
    2
    Utiliza técnicas de autoajuda. São métodos que você mesmo pode fazer e podem ajudar a atrasar a ejaculação:
  • Masturbar-se por relações sexuais. Se você pretende fazer sexo mais tarde, tente se masturbar 1 ou 2 horas antes.
  • Use um preservativo grosso que reduz a quantidade de estimulação que você recebe.Como resultado, pode levar mais tempo para você subir. Evite usar preservativos projetados para aumentar sua estimulação.
  • Respire profundamente pouco antes da ejaculação. Isso pode ajudá-lo a parar o reflexo de uma ejaculação. Outra técnica que pode ajudá-lo é pensar em outra coisa – por exemplo, algo chato até que a necessidade seja bem-sucedida.
  • Prent intitulado Control Premature Ejaculation Step 3
    3
    Mude a posição em que você faz sexo. Se você costuma se preparar, considere deixar de lado ou mudar para uma posição em que seu parceiro possa se afastar quando estiver prestes a ejacular.
  • Uma vez que a necessidade de ejaculação tenha passado, você pode retomar a relação sexual.
  • Prent intitulado Control Premature Ejaculation Step 4
    4
    Vá para terapia. Você pode fazê-lo sozinho ou com seu parceiro. Pode ser útil tratar:
  • Irritado com seu desempenho sexual ou outros fatores estressantes em sua vida. Às vezes, se um homem está preocupado em mantê-lo ou mantê-lo, ele pode desenvolver um padrão de ejaculação muito rápido.
  • Uma experiência sexual traumática se você fosse mais jovem. Alguns psicólogos acreditam que a pessoa poderia ter aprendido a ejacular rapidamente se as primeiras experiências sexuais incluíssem um sentimento de culpa ou medo de descoberta.
  • Se o seu parceiro e você tiver problemas em seu relacionamento, a ejaculação precoce pode ser um fator contribuinte. Se o problema é novo e não aconteceu em nenhum relacionamento anterior, este pode ser o caso. Se este for o caso, alguma terapia pode ser útil.

Causa comum de disfunção erétil

A doença cardiovascular é uma doença comum na população masculina de meia-idade na Hungria. Os homens com estas condições geralmente desenvolvem disfunção erétil. Dr. Péter Vaskó, cardiologista, falou sobre a relação entre doenças cardiovasculares e disfunção erétil, que são os mais vulneráveis ​​e o que fazer com aqueles que estão lutando com esse problema.

Qual pode ser o pano de fundo da disfunção erétil?

Os homens de meia-idade (40-60 anos) afetam 39 a 57 por cento da disfunção erétil e mais de 60 são mais de 60 por cento da sua incidência. A disfunção eréctil (disfunção eréctil) hormonal subjacente incluindo lesões, os problemas da próstata , álcool e consumo de drogas, determinados medicamentos (antidepressivos) razões psicológicas (stress, ansiedade), menopausa masculina , trauma que afecte a coluna vertebral e doença cardiovascular podem também ser .

Problemas de próstata: seu parceiro pode detectar os sintomas reveladores

Os machos prostáticos devem ser contatados logo que possível para evitar possíveis complicações. No entanto, como os mais fortes não tendem a obscurecer as queixas e os sintomas, vale a pena observar as esposas e suas namoradas com globos oculares .


Na maioria dos casos, a disfunção erétil, antes da ocorrência de queixas cardiovascularespronunciadas , pode indicar há anos que alguém sofre de uma doença cardíaca anormal – afirmou o Dr. Vaskó.

Qual é a relação entre problemas cardiovasculares e disfunção erétil?

O fundo comum é que a condição geral errada dos vasos sanguíneos causa confusão não só no coração, mas também no fornecimento de sangue do pênis e, portanto, no seu funcionamento. Entre as doenças cardiovasculares, a hipertensão é uma doença que pode causar a gravidade da disfunção erétil. Isso ocorre porque o endotélio da parede vascular está danificado devido a pressão e tensão a longo prazo, o equilíbrio dos processos vasodilatadores e vasodilatadores é prejudicado e não pode funcionar (disfunção endotelial).

Pessoas com doença circulatória ou transtorno metabólico (diabetes mellitus, colesterol elevado e lipídios no sangue) muitas vezes se queixam de disfunção erétil como o primeiro sintoma da doença. Por conseguinte, também vale a pena recorrer a um especialista quando se trata de sintomas quando se trata de disfunção erétil e evita as complicações das doenças cardiovasculares ” , diz o Dr. Vaskó.

Quando eu vou para um médico?

É bastante normal ter disfunção erétil às vezes. Se, no entanto, é durante mais de dois meses ou ocorre com freqüência, não demora o exame médico. O especialista irá ajudá-lo a descobrir o que está por trás do problema e depois determinar a cura correta.

Como o problema pode ser causado por várias condições subjacentes, o tratamento requer uma cooperação estreita entre vários campos médicos. Se a causa raiz é a lesão cardiovascular , o urologista e o cardiologista devem definir a terapia.

O trabalho conjunto dos especialistas é importante porque o tratamento também deve levar em consideração as possíveis interações dos medicamentos utilizados , como medicamentos para erradicação , problemas cardiovasculares, interações, efeitos concomitantes ou complicações (p  alguns agentes anti-hipertensivos aumentam a disfunção erétil).

Em alguns casos, pode ser proibido tomar um medicamento para disfunção erétil , por exemplo, quando alguém sofre acidente vascular cerebral , infarto ou pressão arterial baixa . Nesses casos, é especialmente importante consultar um cardiologista e fazer uso de gel hot grow funciona.

Conheça o Herus Caps

Não arrisque.

A hipertensão não tratada , a estenose da artéria coronária e a arritmia podem causar condições que ameaçam a vida. Portanto, deve ser dada a devida atenção à investigação, uma vez que, se isso não acontecer no bom tempo, o homem em questão deve desistir não só da ereção, mas também do risco de infarto e outras complicações graves.

Leia também: Tesão de Vaca

Leia também: Turbo maca peruvian

Sintomas e tratamento para a impotência masculina

Qual é o transtorno de potência?

(também conhecido como disfunção erétil) 

De acordo com pesquisas hoje, cada segundo homem de quarenta anos está lutando com problemas eréteis, o que significa que centenas de milhões de pessoas vivem relações sexuais, distúrbios funcionais prejudicados e disfunção erétil .

Estamos falando de disfunção erétil masculina devido ao funcionamento anormal dos vários órgãos do corpo, apesar da falta de desejo sexual adequado (libido), desenvolve-se rigidez peniana insuficiente. Ou seja, a condição também é chamada de disfunção erétil quando a ereção ocorre, mas seu grau ou tempo diminuiu .

Causas de potência

Problemas comportamentais podem ser causas psicogênicas ou orgânicas , mas a disfunção erétil devido a causas orgânicas (orgânicas) também muitas vezes tem um efeito psicológico. As lesões psicogênicas ocorrem predominantemente na idade mais jovem, o que pode ser devido a problemas educacionais, socioculturais, de depressão e de relacionamento.

Por trás da disfunção erétil podem existir causas psicogênicas ou orgânicas

Problemas eréticos têm muitos fatores de risco . Em primeiro lugar, com o aumento da idade, a frequência aumenta em linha reta. Isso pode ser devido a padrões gerais de envelhecimento que podem estar associados ao aumento do uso de drogas, hipertensão e aterosclerose em crianças mais velhas, o que pode contribuir para o desenvolvimento dessa disfunção. O fator de risco para a faixa etária mais jovem é principalmente o estresse. Além disso, existem fatores que não podem ser ligados à idade, mas, geralmente, demonstraram que eles levam a disfunção erétil: consumo de álcool, tabagismo, diabetes e inflamação da próstata .

A causa da doença é difícil de determinar porque as várias doenças causam diferentes sintomas de disfunção erétil. Ao mesmo tempo, se é uma ocorrência separada ou combinada, a disfunção eréctil do pénis é causada pela ausência de um fundo psíquico saudável para o desejo sexual, se os distúrbios comportamentais, fobias sexuais, depressão e outras doenças psicológicas não são suficientes se o nível do hormônio sexual não for satisfatório e se problemas neurológicos (Doenças neurológicas: várias doenças do cérebro, medula espinhal, nervos envolvidos na disfunção erétil e terminações nervosas).

Do mesmo modo, o mau funcionamento pode causar distúrbios arteriais(Que ocorrem vulgarmente em ou efectuar os pénis vasculares patologias do sistema arterial), doenças venosas (diminuiu com o aumento do influxo arterial na erecção ou eliminado mecanismo veia escorrimento não funciona, por alguma razão) para a origem, bem como perturbações endocrinológicas (diminuição da secreção de hormona sexual diabetes , prolactina aumentada e secreção anormal do hormônio da tireoide, distúrbios da glândula adrenal).

Os sintomas podem ocorrer na ausência de desejo sexual ( libido ), diminuição da duração da ereção ou intensidade da ereção, e também podem ocorrer em lesões de sexualidade secundária.

As mudanças nos níveis hormonais, por exemplo, podem aumentar o aumento do peito.

escuta atenta às queixas dos pacientes extremamente importantesna descoberta da causa e origem da doença. Durante a entrevista, a presença ou ausência da ereção da manhã pode fechar a doença psicogênica e orgânica com proximidade. Da mesma forma para a libido urologista (desejo sexual), a presença ou ausência da prévia élményről fracasso sexual, beber e tabagismo, possíveis lesões (especialmente a coluna vertebral, nervoso e genital) e drogas (medicamentos para pressão arterial efeito hormonal) , e as respostas à masturbação durante a gravidez e a freqüência da vida sexual são cruciais.

Diagnóstico de transtorno de potência

Nos exames gerais, exames físicos dos órgãos genitais externos, exame das veias circundantes, exame prostático através do reto e medição de reflexo e pressão arterial, exames de laboratório e, quando apropriado, testes de ereção noturna.

Se, afinal, não conhecemos a causa exata da lesão, podemos realizar mais investigações específicas em casos muito justificados . Estes incluem rigidez, estenose, exame Doppler do revestimento do pénis, exame vascular e amostragem do corpo da caverna peniana após a administração de injeção vasoconstrital.

Tratamento de problemas de potência

O objetivo é alcançar um grau e duração de erecção que faz com que o paciente desfrute de alegria e satisfação durante o ato sexual . Se as causas psicológicas são encontradas no fundo, um psicólogo, o psiquiatra precisa de ajuda. É uma consideração primordial que passemos para a abordagem cirúrgica do menor método de intervenção.

Além das opções de tratamento, certas mudanças de estilo de vida são essenciais para o sucesso. O especialista recomenda que o paciente evite o estresse, reduza o consumo de álcool, se acostume com o tabagismo e é absolutamente necessário que os pacientes com diabetes ajustem corretamente seu nível de açúcar no sangue.

Nos últimos anos, mudanças revolucionárias foram feitas na cura da disfunção erétil. O chamado medicamento sildenófilo chamado “diamante azul”, que se tornou conhecido e é um grande sucesso, entrou em seu sexto ano. No ano passado, diamantes amarelos e laranja contendo tadalafil e vardenafil também estavam disponíveis na Hungria para curar a disfunção erétil. Todos os medicamentos acima são caracterizados pelo fato de que a droga consegue a reação muscular lisa do corpo cervical do pênis bloqueando a enzima fosfodiesterase. Além disso, podem ser usados ​​afrodisíacos, preparações hormonais, tranqüilizantes, sedativos, antidepressivos e prostaglandinas E1, que podem ser inseridos na uretra (o último não está disponível na Hungria).

Leia também: Bluecaps Turbo o melhor azulzinho.

Falha após medicação o dispositivo de vácuo pode ser testado por meio de um vácuo construído dentro dos sinos do pênis e a rigidez do pênis colocado no pénis na fronte. No Brasil, não expandiu amplamente devido ao preço do dispositivo e à complexidade da operação. Em caso de falha, o seguinte método de escolha é o uso de injeções de prostaglandina na cavidade craniana do pênis. Um kit de fábrica não embalado está disponível para ajudá-lo facilmente e sem esforço criar erecções. A cirurgia também pode ser necessária para eliminar as anormalidades orgânicas do pénis e pode ter potencial para cirurgias vasculares, mas o sucesso deste último é questionável e seu efeito é transitório.

prevenção

A maioria dos homens experimenta sua disfunção erétil durante a vida, o que muitas vezes revela-se temporário. Em qualquer caso, um estilo de vida saudável contribui grandemente para manter a capacidade de ereção certa. O consumo excessivo de álcool, o uso de drogas, o tabagismo aumentam as chances de desenvolver disfunção erétil. Em períodos de vida estressantes, tais distúrbios podem ocorrer a este nível e o estresse persistente pára. Por este motivo, vale a pena dedicar tempo suficiente para acalmar o sono, a ansiedade e a depressão.
Leia também: Andes Prime Red
Leia também: Viagra Natural

Impotência e ereção fraca. Tratamentos herbais e recomendações terapêutica

A disfunção erétil é chamada disfunção erétil biológica ou impotência. A disfunção erétil (impotência) é a impossibilidade persistente para o homem manter uma ereção suficiente para completar um ato sexual normal. Na Conferência dos NIH de 1992, os Institutos Nacionais de Saúde, foi recomendado substituir o nome de “impotência” por a da disfunção erétil porque, como argumentamos, a disfunção erétil é um termo médico mais preciso e menos negativo que a “impotência”. A disfunção erétil não é uma doença própria, mas pode ser um sintoma de doença. Os tratamentos mais comuns são medicamentos orais, injeções, dispositivos de vácuo, implantes penianos e mais frequentemente utilizados são naturistas.
A freqüência de disfunção erétil aumenta à medida que os homens envelhecem e é cerca de 5% em homens de 40 anos de idade, sendo essa porcentagem aumentando de 20 a 30% em pessoas com mais de 65 anos de idade.

A disfunção erétil ocorre nas duas situações seguintes:

– a incapacidade de alcançar uma ereção persistente, satisfazendo a relação sexual normal.
– há uma ereção, mas não o suficiente para penetrar durante as relações sexuais.
Assim, a impotência pode ser causada por fatores fisiológicos e psicológicos. Uma pessoa com impotência fisiológica não terá uma ereção ao longo de sua vida, enquanto que uma pessoa com disfunção erétil psicológica terá erecções, mas não será capaz de apoiá-las para a relação sexual. Para entender por que alguns homens têm erecções pobres, é importante entender como ocorre a erecção.

O pênis é composto por dois quartos, chamados de corpo cavernoso. Estes quartos são preenchidos com unsteam esponjoso. Os corpos cavernosos estão vestidos com uma membrana, chamada túnica albuginea. O tecido esponjoso contém músculo liso, tecido fibroso, espaços soltos, veias e artérias. A uretra, que é a ejaculação e o canal urinário, se estende por baixo dos corpos cavernosos.

A erecção nasce e manifesta-se por estimulação mental e sensorial. Impulsos do cérebro e os nervos regionais causam relaxamento dos músculos cavernosos do corpo, permitindo o influxo de sangue que leva ao preenchimento dos espaços livres. O sangue causa aumento da pressão no corpo cavernoso, causando aumento do pénis. Tunica albuginea ajuda a pegar sangue nos corpos cavernosos, apoiando assim a ereção. A erecção começa a diminuir quando os músculos do pénis se contraem, interrompendo assim o sangue para entrar nesse nível e abrindo os canais de fuga. Os homens com ereção normal podem ter uma ereção espontaneamente, em segundos ou minutos, dependendo do estímulo e desejo. Eles podem alcançar erecções múltiplas (e, portanto, orgasmos múltiplos) em uma sessão de sexo único.

Causas de ereções fracas ou falta dela

Uma vez que a disfunção erétil ocorre após episódios de disfunção erétil, a disfunção erétil ocorre e instala-se como resultado de perturbar a transmissão de impulsos nervosos do cérebro, da medula espinhal e da região do pénis.

As causas mais comuns de disfunção erétil são favorecidas e geradas por:
– Diabetes mellitus é provavelmente a principal causa de disfunção erétil observada em homens e afeta 35-50% de homens com este transtorno.
– distúrbios neurológicos, distúrbios cardiovasculares, aterosclerose e esclerose múltipla, representam 20 a 30% dos homens afetados pela disfunção erétil. Essas doenças, juntamente com diabetes, representam 70% da causa total de uma ereção fraca.
– Alcoolismo, drogas e dependência do tabagismo, afeta o sistema nervoso, bloqueando os impulsos emitidos pelo cérebro para alcançar o órgão masculino.
– medicamentos terapêuticos que atuam sobre o sistema nervoso. Esta lista inclui antihipertensivo, antidepressivo, apetite supressivo e cimetidina (antiulcer droga) anti-histamínico, tranquilizantes, etc.
– Doenças crônicas: fígado, insuficiência renal, etc.
– A cirurgia abdominal pode entorpecer as terminações nervosas nessa região, tornando impossível receber impulsos nervosos do cérebro e da medula espinhal.
– câncer de próstata e cirurgia de bexiga são causas notáveis ​​nesta questão.
– O estado de nervosismo antes do sexo é uma causa muito importante da disfunção erétil. Os homens que estão nervosos não poderão obter uma ereção normal.
– A idade também desempenha um papel muito importante. Até 40 anos, geralmente não há diminuição na dureza do pénis durante a ereção. A partir dos 65 anos de idade, a maioria dos homens não consegue obter uma ereção consistente ou não.
– Os desequilíbrios hormonais também podem causar disfunção erétil. A ausência ou deficiência de hormônio masculino, testosterona, impedirá uma erecção substancial.

Causas psicológicas:

– estresse profissional e o relacionado ao casamento ou aos problemas conjugais;
– Os efeitos de uma experiência sexual traumática anterior;
– sentir-se culpado;
– ansiedade e depressão.

Diagnóstico LD da disfunção erétil

Existem vários testes de laboratório que podem determinar se uma pessoa está sofrendo de DE ou não. Alguns deles são:
– Você pode ver se o órgão masculino responde ao toque. Se ele se erguer quando é tocado, então provavelmente a erecção fraca durante a relação sexual é devido ao nervosismo.
– a pessoa em questão pode ser monitorada durante o sono, especialmente durante o movimento rápido dos olhos. A maioria dos homens tem erecções durante o sono neste momento.
– histórico médico, juntamente com a lista de medicamentos administrados. Seu médico identificará qualquer droga que interfira com erecções saudáveis.

Tratamento da disfunção erétil

Impotência
É um problema muito comum. Pelo menos um em cada dez homens teve ou teve um problema em criar e sustentar uma ereção em algum momento de sua vida. O mais importante é, se você tiver um problema que não parece melhorar, leia sobre o que é DE e as possíveis causas disso. Desta forma, você criará uma imagem do seu problema de forma concreta, o que o ajudará a escolher o método ideal para tratar ou melhorar sua ereção. Existem agora muitos métodos e tratamentos para permitir uma melhoria considerável na ereção e até mesmo uma cura total da impotência.

Terapia psicosexual

Estima-se que até 90% dos problemas eréctos tenham uma causa psicológica. Isso pode variar de dificuldades relacionais, ansiedade profunda ou causas mais complexas. Um conselheiro experiente ou terapeuta pode ajudar muito a identificar corretamente as causas psicológicas, ao mesmo tempo em que você oferece as melhores soluções possíveis.

Tratamento de bomba de vácuo

A bomba de vácuo é uma bomba de vácuo composta por um cilindro de plástico e um pistão. A bomba de vácuo funciona colocando o cilindro no pênis e extraindo o ar do cilindro com o pistão. Isso cria uma pressão arterial que força o sangue a migrar rapidamente para o pênis (ocorre uma simulação do que acontece em uma ereção). Um anel é então aplicado temporariamente na base do pênis para parar o vazamento de sangue com muita rapidez. Este método suporta uma ereção capaz de manter e completar um ato sexual normal.

Medicação

– terapia transuretral. Uma pílula de drogas é colocada diretamente na uretra. A uretra é o tubo que passa através do pénis e transporta urina da bexiga urinária para eliminação. A droga é absorvida no tecido erectil do pénis, proporcionando uma ereção de cinco a dez minutos.

Viagra é um dos medicamentos mais populares para a disfunção erétil. Para que esta pílula entre em vigor, você precisa ser sexualmente estimulado pela presença de seu parceiro. O Viagra produz efeito em cerca de uma hora, e o efeito geralmente dura três a quatro horas.

– Cialis. O Cialis é administrado 30 minutos antes da atividade sexual. Cialis é efetivo somente com estimulação sexual na presença do parceiro. Cialis não é um afrodisíaco e não aumenta o desejo sexual.

– Levitra. Administrou 10 minutos a uma hora antes que a atividade sexual possa ser efetiva por até 12 horas. Levitra não é um afrodisíaco e não aumenta o desejo sexual.

– Acima. Esta droga é uma pílula que é administrada sob a língua. O topo se dissolve em cerca de 15 minutos e é eficaz por até duas horas. O medo não funcionará sem estimulação sexual.

Tratamentos de injeção

Este método exige que um medicamento seja injetado diretamente no eixo do pénis quando quiser fazer sexo. Embora pareça um pouco preocupante, é fácil aprender e aplicar. Os medicamentos utilizados para este propósito geralmente têm um efeito de cerca de 15 minutos.

Tratamentos hormonais

Problemas hormonais raramente são a causa da impotência. A desregulação hormonal mais comum é a redução nos níveis de testosterona, hormônio sexual masculino. A testosterona pode ser restaurada a um nível terapêutico com terapia de reposição hormonal. A terapia de reposição de testosterona só pode ser aplicada se houver testes que confirmem uma deficiência neste hormônio.

Tratamentos protéticos

Você não deve considerar uma prótese peniana (implante) até aplicar e tentar outras formas de tratamento para melhorar sua ereção. Existem dois tipos de implantes de pénis:

– implante de pénis semi-rígido. Este implante mantém o pênis rígido o tempo todo. Este implante é articulado para permitir que o pênis seja dobrado quando não faz sexo.

– Implante de pénis do tipo hidráulico. O pénis fica mais rígido quando uma bomba, que é implantada no escroto, é ativada.

Tratamentos cirúrgicos

Há uma série de procedimentos cirúrgicos que podem ser realizados se houver um DE tratável, como anomalias do fluxo sanguíneo ao longo do pênis e além.

Lembre-se das causas da disfunção erétil, que pode ser orgânica ou psicológica, ou uma combinação dos dois. Um especialista em disfunção pode ser de verdade ajuda para investigar e tratar a causa. Um ponto de partida deve ser o médico de família ou o especialista genito-urinário.

Dispneia erétil, impotência. Tratamentos herbais e recomendações terapêuticas

Se excluímos de nossas vidas o esgotamento físico e psíquico, o estresse, os excessos de alimentos e bebidas, mesmo o tabaco e o álcool, bem como outros fatores que podem influenciar negativamente a saúde geral do indivíduo, podemos melhorar a função dos órgãos sexuais. Podemos usar os dons da natureza para trazer a beleza da vida da primavera para nossas almas, para idades avançadas, sem risco ou para reduzir os riscos já existentes.

Chás, decocções e tinturas utilizadas para tratar a impotência:

1: Rosmarin Decoct. Use 40 g de planta para 1 litro de água fervente. É consumido à noite, antes da hora de dormir.

2: infunda 1 colher de chá de semente de feno-grego para 250 ml de água fervente. Infunda 10-15 minutos, espirre, molhe em mel. Pegue um copo pela manhã antes de comer meia hora e a noite antes da cama. Esta planta é utilizada para estimular o metabolismo, estimular o sistema nervoso central e o sistema neuromuscular, estimular a função sexual com o estimulante herus funciona.

3: maceração a frio de 1 colher de chá de sementes de feno-grego, moída para 250 ml de água fria – deixe esfriar por 5-6 horas, em seguida, ferva por 5-6 minutos em fogo lento, aperte e adoça com mel. Esta quantidade é consumida durante o dia com pequenas andorinhas. Após um máximo de 2-3 dias, o apetite sexual retorna ao normal.

4: infusão de escultores. Obtenha 1 colher de chá de erva seca para conter o tubarão queimado em 250 ml de água fervente. Deixe infundir por 5 minutos e então espirre. Beba duas xícaras por dia.

5: A tintura dos escultores. Foi feita de toda a planta, fresca, picada, colocada em um frasco, sem ser derramada, sobre a qual 70 gramas de álcool foram derramadas para cobrir toda a planta. Deixe a mistura mergulhar durante duas semanas, depois filtre e mantenha frio, longe da luz, em garrafas de cor escura.

Três colheres de chá são dadas três vezes por dia. Uma colher de chá de tintura meia hora antes da relação sexual tem um efeito rápido porque aumenta o apetite sexual e melhora a ereção.

O tratamento de escultura não é recomendado para pacientes hipertensos, exceto sob supervisão e recomendação médica rigorosa. Também não é recomendado para mulheres grávidas.

Preparação tônica para revitalização sexual

Aipo: sementes, 20g
Genciana: raízes, 30g
Mint: folhas, 20g
Alecrim: folhas, 40g
Tomilho: folhas, 40g
Use 1 colher de sopa de mistura para 250 ml de água. Ferver dois a três minutos e deixá-lo infundido por dez minutos. Beba duas ou três xícaras por dia.

Eu tonic tonic para aumentar o apetite sexual

Canela, 5 g
Genciana: raízes, 20 g
Gengibre: raízes, 20 g
Sofran: estigmas, 0,50 g
Despeje a mistura em um litro de vinho branco ou vermelho. Deixe mergulhar por uma semana tremendo de vez em quando, depois espremendo. Beba um copo antes da refeição.
O vinho de aipo combate a impotência. A maça por 72 horas, duas grandes capes de aipo (sobre o punho) bem lavadas com o pincel, mas não limpas pela casca, em um litro de vinho branco natural. Beba antes das refeições, cada 50ml.

Para uma boa ereção e duração:

1. Jogue sempre que possível galhos de aipo cru.
2. O sumo de aipo, sumo de cenoura é misturado com todo o incentivo
3. Bebida 2 chávenas decocção raiz diária de seco e moído (colocados um punhado de planta por litro de água)
4. Bebida 3 copos de infusão diária feita de um alho-porro verde, cozido em um litro de água por cerca de 2 minutos. Os chás são bebidos após cada refeição.
5. A vitamina B12 estimula a produção de hormônios sexuais. Encontra-se no fígado, aves de capoeira.
6. O alho é um bom afrodisíaco natural. Alivie a tensão e fadiga física, agindo como um tônico sexual. São recomendados dois ou três dentes de alho por dia, e os efeitos serão registrados em apenas alguns dias.
7. As cebolas têm efeitos benéficos na libido. Especialmente o branco é um afrodisíaco perfeito.
8. A Cenoura Cura resolve a maioria dos problemas sexuais. Por dois meses, coma cenouras frescas diariamente, juntamente com um ovo cozido e algumas colheres de chá de mel.
9. O gengibre fresco, consumido com mel à noite, antes da hora de dormir, durante um mês, é um remédio para o fortalecimento das glândulas sexuais.
10. O suco de aipo, batata, salsa ou rábano efetivamente trata a impotência. Consumido duas vezes ao dia durante um mês melhorará a função sexual.
11. As pasas efetivamente tratam a impotência se forem cozidas em um pouco de leite e consumidas três vezes ao dia em 30-40 gramas.

Alimentos de especiarias no tratamento da impotência

– pimenta. O efeito afrodisíaco é gerado pela ação irritante da capsaicina (a substância da pimenta) na uretra. Este efeito é aumentado se misturado com o suco obtido por apertar uma batata.

Tintura de pimentas quentes. Isto é preparado a partir de 10g de pimenta e 100ml de álcool a 70-80 graus. Deixe embeber durante 8 a 10 dias à temperatura ambiente e leve em um recipiente hermeticamente fechado, mexendo o conteúdo várias vezes ao dia. Em seguida, filtre, espremendo o resíduo restante na peneira. Mantenha-o fresco, em uma garrafa bem fechada. Tome 10-15 gotas por dia durante a refeição.

– cebola. é um alimento com efeitos benéficos sobre a libido. Especialmente o branco é um afrodisíaco perfeito.

– timo. É um bom tônico geral, que também possui uma boa ação estimulante física e psíquica, bem como a circulação capilar, o que indica sua administração em astenia física e mental.

O tomilho e as preparações feitas a partir desta planta picante aumentam a potência masculina, sendo um remédio adequado para homens timidos, neuróticos ou complexos que têm medo de exteriorizar sua força e sexualidade. Também é eficaz nas deficiências na dinâmica da relação sexual, em indivíduos que têm medo de tomar iniciativas eróticas e precisam de incentivos.

O tomilho pode ser alimentado com salada fresca ou seca, ou outra forma de culinária ou infusão. Isto é feito a partir de uma colher de chá de tomilho para 250 ml de água fervente a ferver por 3 minutos. Deixe esfriar por 10 minutos, depois aperte. Coma 3-4 xícaras por dia, antes ou depois de uma refeição.

O óleo volátil é obtido por destilação do tomilho. Pegue 3-5 gotas de 3 vezes por dia com açúcar ou mel.

Externamente, o tomilho é usada para banhos, em que derrama a quente a infusão obtido a partir de tomilho 100 g de 2 litros de água fervente. Após outras receitas, a infusão será preparada a partir de 500g de tomilho em 4 litros de água fervida. O tempo de lapidação é de 15 a 20 minutos.

O parente de um tomilho é o tomilho do jardim, que, como o tomilho, tem um poderoso efeito afrodisíaco. É administrado como uma infusão feita a partir de 5g de especiarias florais de tomilho de jardim para 250ml de água fervente. Ferva por 10 minutos, depois deixe esfriar. Filtra e consome 3 xícaras por dia após uma refeição.

– o coentro. As sementes de coentro são apreciadas pelas propriedades neuroestimulantes e ligeiramente afrodisíacas.

De coentro, prepara-se um elixir que tem um efeito excitante, útil na fadiga de origem nervosa e sobrecarga sexual. Este elixir é preparado como uma infusão de 1-2 colheres de chá de pó de semente de coentro para 250 ml de água fervente. Ferva por 10 minutos, esfrie e aperte. Beba 2-3 xícaras por dia.

Um outro método para melhorar o desempenho sexual é misturando o pó de mel com o mel até obter uma pasta. Pegue 2-3 colheres de chá por dia.

Tintura de sementes de coentro. Obtenha 10 g de sementes e 100 ml de álcool de 40-70 graus que é mantido durante 8 dias embebendo. Administrar 10-20 gotas após cada refeição.
O óleo de coentro volátil é administrado 1-3 gotas de açúcar ou mel, três vezes ao dia, após uma refeição.

– cravo-da-índia. Por sua fácil ação afrodisíaca, recomenda-se que administre como um pó em cápsulas de 0,250 a 0,500 g 2-3 vezes ao dia.

Também pode ser administrado como uma infusão em água ou decocção no leite. Estes serão preparados a partir de 1-3 g de massa triturada para 250 ml de água fervida ou leite cozido. Cubra a embarcação e deixe-a infundir por 15-20 minutos. Beba 2-3 xícaras por dia.

O óleo de cravinho recebe 2-4 gotas de açúcar por porção 3 vezes ao dia.
– erva-doce. Para o efeito afrodisíaco, a erva-doce é administrada como um pó obtido por moagem de sementes secas. Existem 0,250-0,500 g de cápsulas no mercado, que são administradas 2-3 vezes por dia.

Você também pode usar a infusão obtida de uma colher de chá de sementes para 250 ml de água fervente. Ferva por 5 minutos e deixe a panela esfriar. Depois de filtrar, coma 2-3 xícaras por dia.
– Gengibre. Como tratamento para problemas sexuais, o gengibre pode ser administrado como 10% de tintura, 10-20 gotas, 3 vezes ao dia, antes da refeição ou como óleo de gengibre, 1-3 gotas, em um pedaço de açúcar , 2-3 vezes por dia.

Além disso, o gengibre fresco, consumido com mel à noite, antes da hora de dormir, durante um mês, fortalece as glândulas sexuais.
– o endro. A fitoterapia recomenda as sementes e as estirpes florais, finamente moídas e administradas como cápsulas na dose de 0.250-0.500g 3 vezes por dia.
Marar estimula a produção de hormônios sexuais, aumentando o tom vital e um aumento harmonioso do vigor sexual. O anão também produz um aumento da contagem de esperma e, portanto, a duração ejaculatória para aqueles que sofrem de oligospermia (uma diminuição na contagem de esperma de sêmen).
– cenoura. Cure-o por dois meses. Consome cenouras frescas e frescas diariamente com um ovo cozido e algumas colheres de chá de mel.
– noz-moscada. É um bom estimulante geral com ação nos órgãos reprodutivos, daí o efeito afrodisíaco útil na impotência caracterizada pela ejaculação precoce.
Administre o pó de noz-moscada em cápsulas na dose de 0.250-0.500g por dia.
– o pimenta. A pimenta preta tem uma atividade ligeiramente afrodisíaca e tônica para o sistema nervoso, estimulando o aspecto mental que influencia os problemas sexuais. A dose indicada para tratamento de pimenta preta é de 1 g por dia de pimenta moída.

Uma variedade de pimenta: pimenta longa tem a capacidade de estimular os órgãos reprodutores, que eles fortalecem, sendo um bom energizador sexual. É administrado como um pó em cápsulas, sendo a dose de 0,100-0,500 g por dia.
– Canela e baunilha. Eles têm propriedades afrodisíacas. Eles são recomendados para menstruação inadequada e impotência.
Eles podem ser administrados como pó (0,5-2 g por dia em cápsulas) ou como uma tintura.
A tintura de baunilha é preparada a partir de um corte de 10 gramas e macerada por oito dias em 100 gramas de álcool em mais de 80 graus. Filtrar pressionando.
A tintura de canela é preparada a partir de 10 gramas de canela triturada em 50 gramas de álcool com mais de 80 graus, que é moída em um recipiente fechado em escuro durante 10 dias. Filtrar pressionando. Tanto a tintura de canela quanto a tintura de baunilha durante todo o tempo de maceração agitam duas vezes ao dia. Ao respeitar as proporções, pode ser preparada uma quantidade maior. Em garrafas bem fechadas e mantidas em local fresco, o elixir pode ser preservado praticamente ilimitado.
A tintura é dada 5-10 gotas por dia com xarope ou mel.

turbo maca peruvian funciona

O óleo de canela é administrado 2-3 gotas em um pedaço de açúcar 2-3 vezes ao dia.
– Alho. É um bom afrodisíaco natural. Alivie a tensão e fadiga física, agindo como um tônico sexual. São recomendados dois ou três dentes de alho por dia, e os efeitos serão registrados em apenas alguns dias.

Ginástica fortificando para melhorar o desempenho sexual

– O exercício fortalece todo o corpo e melhora a função sexual. Evite esforços cansativos que consomem energia. Bicicleta, dança e caminhada são recomendados.

– Para estimular a libido, os especialistas recomendam um exercício simples. Na posição deitada, ele se afasta das pernas com joelhos suaves e descontraídos. Feche os olhos e tente respirar profundamente. Acalme as palmas esfregando e pressiona a área abdominal até sentir que está quente. Repita o exercício todas as noites.

– As técnicas de aromaterapia e o desempenho sexual são eficazes na eliminação da tensão e do estresse que ajudam a reduzir a libido. São recomendados óleos essenciais de rosa, ylang-ylang, jasmim e sálvia. Eles têm um efeito sedativo, induzem euforia leve e são um bom remédio contra a disfunção sexual.

Dieta aplicada à disfunção erétil

No caso da disfunção erétil, a fim de minimizar seus efeitos em um ambiente afetivo com conseqüências na vida sexual, eles fazem algumas mudanças no estilo de vida e evitam as principais causas causais do problema: limitar ou eliminar o álcool, o café e o tabaco, evitar distúrbios alimentares e Elimine o excesso de peso, elimine gorduras saturadas (animais) ou hidrogenadas, exercite exercícios regulares, cultura física médica, natação, evite o estresse, raiva e conflitos emocionais.

Ele irá consumir alimentos com propriedades terríveis aipo sexual (suco e salada) e porcas, afrodisíacos, vinho vermelho, branco, especiarias, pimentas e de rábano silvestre, sumo de batata, cenoura, aipo, salsa, no decorrer de 4-6 semanas. (1 colher de chá por refeição), mel, geléia real, uvas, alhos franceses fervidos (apenas a parte branca).

Outras recomendações para aumentar a potência sexual masculina

Banhos frios ou alternados (40-20 graus) várias vezes, durante vários minutos, a noite antes da cama, chuveiro e chuveiro alternados, chuveiro subaquático, ondas, banho com escova, banhos de ervas. Caminhadas, massagens.

Leia também: Herus

Leia também: Andes prime red

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén